Ela escolhe Poême, de Lancôme, porque quer declarar o seu amor através de seu perfume, como ela faz com seu olhar e com os seus gestos. Ela é autêntica e espirituosa, ao mesmo tempo ativa e esteta, profunda e impulsiva. Poême significa ouvir o coração e segui-lo com paixão.
As flores mais raras são as primeiras a se abrirem, com as suntuosas nuances efusivas da Papoula Azul do Himalaia que abraça o perfume encantador da flor de Datura, flor das areias desérticas dotada de desconcertante luminosidade. Em torno desse duo, as flores brancas misturam-se alegremente com as flores amarelas... entoam sons que evocam imagens de um esplêndido jardim de verão estendendo-se ao sol.
No Perfume Poême, cada palavra é uma flor, e cada flor é um poema criado para expressar o que não pode ser dito. Uma fragrância apaixonante e marcante.